cirurgica

Cauterização química de lesões cutâneas

A cauterização química envolve a aplicação de uma substância cáustica sobre uma lesão, com o objetivo de removê-la. Após a aplicação do ácido a lesão fica esbranquiçada e pode arder. A pele ao redor do local tratado fica avermelhada. Nos dias que se seguem, a área escurece e fica enrijecida, devido à morte das células. Duas semanas após o procedimento, a lesão é eliminada. Normalmente, usa-se a técnica para tratar ceratoses actínicas, ceratoses seborreicas, verrugas virais, dermatose papulosa nigra, dentre outros problemas.

________
Referências: SBD, SBCD, Tratado de Dermatologia de Fitzpatrick e Manual de Dermatologia Clínica de Sampaio e Rivitti
Colaboração: Dra. Daniela Velozo – médica dermatologista